atendimentos

Psicoterapia Infantil:

A psicoterapia infantil é o cuidado e a atenção com a saúde mental da criança.

Com o intuito de promover uma infância saudável a psicoterapia infantil utiliza a Ludoterapia para proporcionar bem-estar familiar, prevenção e solução de conflitos.

O objetivo é auxiliar a criança a expressar suas emoções através da brincadeira. O psicólogo tem a função de facilitador, sendo capaz de identificar os conflitos e auxiliar na busca de melhores alternativas para lidar com eles, além de orientar os pais a como intervir diante dessas vivências.

As primeiras sessões são realizadas com os pais, ou quem exerce essa função. O psicólogo realiza entrevistas iniciais para reunir informações sobre a história da criança. Depois, tem maiores condições de entender a queixa e avaliar os objetivos do trabalho.

As sessões seguintes são realizadas apenas com a criança. Devido as crianças verbalizarem menos e terem outras formas de comunicações, o atendimento a ela é feito através do brincar.

Encontros periódicos com os pais serão importantes ao longo da psicoterapia. A participação dos pais neste processo é imprescindível para sua evolução.

Muitos pais têm dúvidas sobre quando buscar ajuda para os filhos. Por isso segue algumas queixas comuns que indicam a necessidade de acompanhamento psicológico:

Choro excessivo;
Irritabilidade;
Timidez excessiva;
Birras e malcriações;
Isolamento;
Agressividade;
Medo de ficar em determinado ambiente sozinho;
Ciúmes após a chegada do (a) irmão (a);
Necessidade extrema de proximidade com os pais;
Enurese (incontinência urinária) e encoprese (resistência em defecar);
Dificuldades escolares;
Recusar ir à escola de forma repentina;
Demora a falar ou andar;
Separação dos Pais;
Perda de algum familiar;
Mudanças no comportamento em geral.

Não tenha medo de pedir ajuda, o psicólogo te receberá e acolherá, assim como a seu filho. Quanto mais os pais compreenderem o que é a psicologia, e o quanto ela está disponível para o bem-estar da família, mais conquistas o paciente apresentará.

Psicodiagnóstico:

O psicodiagnóstico é uma avaliação psicológica que visa identificar as forças e fraquezas no funcionamento psicológico, com o foco na existência ou não de psicopatologia.

No psicodiagnóstico infantil o brincar é uma das técnicas de avaliação utilizada, assim como entrevistas e aplicação de testes.

Para avaliar a criança é necessário conhecer sua relação com sua família para relacionar ao desenvolvimento biopsicossocial. Deve-se considerar que as condições e características das crianças, mas que o problema deve ser visto além da individualidade, relacionando a todo grupo familiar e com outras pessoas ou grupos envolvidos.

Através deste processo é possível “jogar luz” sobre os problemas relatados pelo paciente e sua família para que seja possível iniciar ou não um tratamento de maneira correta.

AGENDE

a sua consulta